RESOLUÇÃO SEE Nº 3 643, DE 21 DE OUTUBRO DE 2017 – Designações SEE MG

Publicada no dia 21 de outubro de 2017 a resolução 3643 abre as Designações da SEE-MG para o ano de 2018.

O candidato deverá efetuar sua inscrição pela Internet, no endereço eletrônico http://www.designaeducacao.mg.gov.br que terá início às 10h do dia 25 de outubro de 2017 e será encerrada às 23h59m do dia 10 de novembro de 2017.

Como todo ano, cada nova resolução possui algumas modificações que geram muitas dúvidas em toda a população.

Para esse ano, os DESTAQUES são:

O cargo de Orientador Educacional/Supervisor Pedagógico deverá ter, prioritariamente:

1º – Licenciatura Plena em Educação Especial ou Pós-graduação em Educação Especial ou Educação Inclusiva.

2º – Pós-graduação em Psicopedagogia ou
Curso de aperfeiçoamento ou atualização, perfazendo um total de, no mínimo, 120 horas nas áreas de deficiência intelectual ou deficiência intelectual associada a outra deficiência ou transtornos globais do desenvolvimento, oferecido por instituição de ensino credenciada.

O cargo de Professor de Sala de Recursos ou Professor de Apoio à comunicação não terá mais exigência de Tecnologias Assistivas e Comunicação Alternativa, sendo os critérios:

1º – Licenciatura plena em Educação Especial

2º – Pós-graduação em Educação Especial ou Educação Inclusiva ou Licenciatura plena em qualquer área do conhecimento cujo histórico comprove, no mínimo, 360 horas de conteúdos da Educação Especial.

3º – 01 a 06 cursos com, no mínimo, 120 horas cada, nas áreas de deficiência intelectual, surdez, física, visual, múltipla e Transtornos Globais do Desenvolvimento (TGD), oferecidos por instituições de ensino credenciadas, priorizando-se o candidato que comprovar maior número de cursos em áreas distintas.

Resumindo

O curso de Licenciatura em Educação Especial com Ênfase em Educação Especial (mais de 360 horas de educação especial na Licenciatura de Pedagogia) está equivalente a Pós Graduação em Educação Especial.

1 a 6 cursos de no mínimo 120 horas (total de 720 horas de cursos ) tem menos peso na classificação do que uma Pós Graduação de 360 horas por exemplo.

Os cursos de Tecnologias Assistivas e Comunicação Alternativa não estão mais sendo pedidos.

Orientador Educacional e Supervisor pedagógico deverão ter curso Deficiência Intelectual / TGD

Analistas de Educação Básica: Fisioterapeuta, Psicologo, Assistente Social, Fonoaudiólogo e etc, deverão ter um curso de 120 horas para melhorar pontuação na classificação.

Faça o download da RESOLUÇÃO SEE Nº 3 643, DE 20 DE OUTUBRO DE 2017 em PDF

 

ORIENTAÇÕES SOBRE INSCRIÇÃO

As inscrições de candidatos à designação 2018 encerram nesta sexta-feira (10)

Até a manhã desta quarta-feira (8/11), o sistema já contabilizava 450 mil pessoas cadastradas e mais de 900 mil inscrições.

Termina nesta sexta-feira (10/11) o prazo para inscrição de candidatos interessados em concorrer a uma vaga de designação na rede estadual de ensino para 2018. Essa é a primeira etapa do processo, em que as pessoas interessadas em trabalhar por contrato temporário no próximo ano devem fazer o seu cadastro, por meio de um sistema on-line, e se inscrever em até três cargos e localidades distintos. Até as 9h54 desta quarta-feira (8/11), o sistema já contabilizava 450.881 candidatos cadastrados, em um total de 905.940 inscrições, o que significa uma média de duas inscrições por candidato.

Serão ofertadas cerca de 100 mil vagas para os cargos de professores, especialistas educacionais, auxiliar administrativo, inspetor escolar e auxiliar de serviços gerais. As inscrições seguem até as 23h59 do dia 10 de novembro e devem ser feitas pelo site www.designaeducacao.mg.gov.br. A listagem de classificação dos candidatos inscritos está prevista para ser divulgada no dia 22 de novembro.

O processo de designação propriamente dito (escolhas das vagas de interesse pelos inscritos e atribuição da vaga ao candidato melhor classificado) terá início em data a ser definida no cronograma que será divulgado na Resolução de Quadro de Escola, que deverá ser publicada até o final deste mês.

A designação é uma forma de preencher interinamente os cargos para garantir o funcionamento das escolas estaduais, conforme o artigo 10 da Lei 10254/1990. O processo é essencial na preparação da rede pública para o início do ano letivo. Também serão divulgadas posteriormente as vagas que serão disponibilizadas para o ano de 2018.

Todos os candidatos interessados em participar desse processo devem se inscrever, pois neste ano não serão admitidos na designação os candidatos não inscritos, salvo exceções. Os candidatos aprovados em concurso público vigente da Educação e que ainda não foram nomeados estarão inscritos de ofício, ou seja, estarão automaticamente inscritos para o cargo e localidade para o qual realizaram o concurso público. O sistema de inscrição vai buscar e inserir os nomes e as respectivas classificações dos candidatos. No entanto, para realizar outras duas inscrições a que tem direito ou mesmo modificar a inscrição inicial, eles devem entrar na plataforma e realizar suas escolhas.

Vale lembrar que o candidato pode alterar os dados da inscrição quantas vezes for necessário, até esse prazo final, sendo válida a última alteração feita no sistema. Portanto, antes do encerramento desse período, confira mais uma vez suas inscrições e salve ou imprima o comprovante para se certificar de que não há erros. Após o fechamento do sistema, nenhuma alteração poderá ser feita e todos os dados devem ser comprovados no ato da designação.

A Secretaria de Estado de Educação criou um hotsite em que reúne as principais informações sobre o processo de designação 2018. Acesse e saiba mais clicando neste link.

Critérios de classificação

A idade mínima para o candidato ser designado é de 18 anos. A classificação dos interessados leva em consideração: a aprovação em concurso público vigente, a habilitação, a escolaridade, o tempo de serviço e a idade. O tempo de serviço exercido pelo candidato na Rede Estadual de Ensino será automaticamente extraído dos bancos de dados da SEE e deve ser validado, no ato da inscrição, pelo candidato. A Resolução que trata desta primeira etapa da designação foi publicada no Diário Oficial Minas Gerais do dia 21 de outubro (Resolução SEE 3.643). É importante também conferir na resolução os critérios específicos para cada cargo.

A lista de classificação obedecerá, em linhas gerais, os seguintes critérios:

1º – candidato inscrito e concursado para o município ou SRE e ainda não nomeado, obedecida a ordem de classificação no concurso vigente, desde que comprove os requisitos de habilitação definidos no Edital do Concurso;

2º – candidato inscrito e concursado para outro município ou outra SRE e ainda não nomeado, obedecido ao número de pontos obtido no concurso vigente, promovendo-se o desempate pela idade maior, desde que comprove os requisitos de habilitação definidos no Edital do Concurso;

3º – candidato inscrito habilitado, obedecida a ordem de classificação na listagem geral do município de candidatos inscritos em 2017;

4º – candidato inscrito não habilitado, obedecida a ordem de classificação na listagem geral do município de candidatos inscritos em 2017;

Designação on-line e presencial

Para o ano de 2018, parte da designação será feita por meio de sistema informatizado on-line, abrangendo os cargos de Analista de Educação Básica (AEB) – Assistente Social, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Psicólogo ou Terapeuta Ocupacional; Analista Educacional/Inspetor Escolar (ANE/IE); Assistente Técnico de Educação Básica (ATB); Especialista em Educação Básica (EEB) – Orientador Educacional ou Supervisor Pedagógico; e Professor de Educação Básica (PEB) – Regente de Turma. Essa ferramenta tem o objetivo de gerar igualdade de oportunidades entre os interessados, maior agilidade, efetividade e transparência no processo.

A designação será presencial para Auxiliar de Serviços de Educação Básica (ASB); Professor de Educação Básica (PEB) – Regente de Aula; Professor de Educação Básica (PEB) Curso Normal, Educação Profissional, Conservatórios Estaduais de Música, Educação Especial e Educação Integral.

São cerca de 180 mil vagas!

Cargos para escolaridade a partir do ensino fundamental incompleto (Serviços Gerais) e 2º período de pedagogia (Professor)

  • Analista​ ​Educacional/Inspetor ​ ​Escolar
  • ​Auxiliar ​ ​de ​ ​Serviços ​ ​de ​ ​Educação​ ​Básica
  • Assistente Técnico de Educação Básica, Especialista em Educação Básica e Professor de ​ ​Educação​ ​Básica
  • Orientador Educacional ou Supervisor Pedagógico
  • Professor de Educação Básica
  • Professor para o Ensino do Uso da Biblioteca – Mediador de Leitura
  • Professor de Educação Básica (PEB) na função de Regente de Aulas na Educação de Jovens e Adultos
  • PEB LIBRAS
  • PEB Tradutor e Intérprete de Libras
  • PEB/Guia Intérprete
  • PEB Atendimento Educacional Especializado – Sala de Recursos e Apoio à Comunicação
  • Professor de Oficinas (diversas áreas)
  • entre outros…

Todos poderão fazer inscrição, mas os concursados terão prioridade.

Veja mais informações em http://designacao-see-mg.com.br/inscricoes-para-designacao-see-mg-2017/


Recomendado para você

7 dicas VENCEDORAS para você ganhar a designação de 2018!

Cursos para Professor de Apoio da SEE MG: Saiba Quais Cursos Fazer

Designação SEE MG: Assistente Social, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Psicólogo ou Terapeuta Ocupacional – Analista de Educação Básica – AEB

Problemas com credenciamento dos certificados para as designações?

Diferença entre Curso Livre e Curso de Extensão Universitária

RESOLUÇÃO SEE Nº 3 643, DE 21 DE OUTUBRO DE 2017







Equipe Designação

Equipe Designação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *